Guia Paleo: Sugestões de almoço/jantar

Segue uma adaptação do texto que escrevi para a 2ª edição da Revista Paleo XXI (mês de fevereiro).

Dicas e Sugestões para o almoço e jantar Paleo

Adapte as suas refeições aos seus gostos, possibilidades financeiras e objetivos (ganho, manutenção ou perda de peso).

como deve ser composta a minha refeição?

A fórmula é simples: PRATO PALEO = VEGETAIS + CARNE/PEIXE e/ou OVOS:

  • Vegetais à sua escolha, crus, cozidos ou salteados em óleo de coco extra virgem, manteiga clarificada ou azeite extra virgem. Salada e/ou Sopa.
  • Carne, de preferência de pasto;
  • Peixe, dando-se primazia ao selvagem;
  • E/ou ovos, preferencialmente biológicos, seja cozidos, mexidos, escalfados em água ou tomate.

Só posso comer carne e vegetais?

O seu prato pode ser complementado com sementes, frutos secos, abacate, batata-doce ou mandioca. Outras opções são a batata branca e o arroz vaporizado, sendo que estes devem ser consumidos em moderação, especialmente por quem almeja perder peso. Pode até juntar uma peça de fruta. Se deseja emagrecer, opte pelas frutas menos doces.

DIVERSIFIQUE

Confecionar as refeições não tem de ser monótono. Pode conjugar os alimentos de múltiplas formas.

  • A batata-doce, a courgette, a cenoura, a beterraba, a abóbora e a beringela podem ser “espiralizadas”. Pode usar apenas uma destas opções ou juntar mais do que uma. O passo seguinte consiste em temperar e saltear em gorduras boas.

RECEITA destes Zoodles de Courgette com Almôndegas AQUI

  • A couve-flor e os brócolos não necessitam de ser consumidos, simplesmente, cozidos em água ou a vapor. Triturando a couve-flor e/ou os brócolos, adicionando temperos e, por fim, salteando em boas gorduras, poderá fazer uma espécie de “arroz” low-carb.

RECEITA deste “Arroz” de Couve-Flor e Cenoura AQUI

Até pizzas, lasanhas, o clássico Bacalhau à Brás, quiches e tortas podem ser adaptados à dieta Paleo.

Pode adaptar as suas receitas favoritas a este estilo de vida saudável. Partilho consigo alguns exemplos que podem dar-lhe mais inspiração.

1) Pizzas:  

– Base de couve-flor (couve-flor triturada com queijo ralado, ovo, pimenta preta, sal);

– Base de frango (peito de frango cozido e, depois, triturado com queijo ralado, ovo, sal, pimenta, alho em pó);

– Base de batata-doce (simplesmente batata-doce cortada às rodelas, sal);

– Base de pão Paleo (escolha uma receita de pão Paleo, confecione e molde em formato de pizza);

*Todas estas bases devem ser submetidas a uma pré-cozedura, antes de se colocarem os ingredientes na cobertura.

Ver Receitas destas Pizzas, clicando AQUI

2) Lasanha:

– “Massa”: courgette, beringela ou couve lombarda;

– Recheio: carne picada, atum ou bacalhau;

– Molho: natas frescas;

– Cobertura: Queijo sem aditivos;

– Temperos a gosto.

Nesta foto está uma Lasanha de Courgette. No entanto, a RECEITA é igual a esta da Lasanha de Beringela (ver AQUI)

3) “Maravilhas” à Brás:

– Atum, bacalhau ou frango;

– Batata-doce e/ou alho francês, etc;

– Especiarias a gosto.

Receitas:

4) Quiches e Tortas Salgadas:

– Vegetais à sua escolha;

– Restos de carne desfiada ou atum;

– Temperos.

(Quiche de Batata-Doce)

Receitas:
  • Quiche com base de batata-doce: ver AQUI
  • Quiche sem base: ver AQUI

Torta de Couve-Flor, Cogumelos e Frango. Receita AQUI

exemplos de ementas minhas:

1) Ementa Semanal 1 – Clicar AQUI

2) Ementa Semanal 2- Clicar AQUI

Mais ementas serão publicadas, estejam atentos à minha página do facebook 😀

Para mais informações, podem ver o meu VÍDEO. Se desejam apoiar-me, podem abrir o vídeo no YouTube, deixar o vosso “gosto ” e subscrever o canal.

Sejam Saudáveis, Sejam Felizes

– Suzana Cardoso

8 thoughts on “Guia Paleo: Sugestões de almoço/jantar

  1. Laura says:

    Olá Susana. Adorei as suas receitas e gostaria que me explicasse como faz os pãezinhos de queijo. Tem muito bom aspecto e já tenho saudades de comer pão. Obrigada

    • Suzanac says:

      Olá, Laura! Faço da seguinte maneira: 1 saca de polvilho doce (500gr), 1 embalagem de queijo quark da Milbona do Lidl (tem 250 gramas), um pouco de azeite (talvez 3 ou 4 colheres de sopa) e 6 ovos. Misturo tudo com as mãos. Se estiver muito espesso, coloco um bocadinho de água (com cuidado para não ficar líquido).
      Assim que estiver bem misturado, uso uma colher de sopa cheia como medição dos pãezinhos. Coloco em cima de papel vegetal numa forma e levo ao forno pré-aquecido a 180 graus. Os pãezinhos ficam com uma textura enqueijada.
      Costumo comer com queijo ou até um quadrado de chocolate negro (levo ao microondas para derreter). Também é excelente como torrada (divido o pão a meio, levo à torradeira e barro com uma manteiga sem aditivos).
      Como dá para muitos pãezinhos, eu coloco no congelador poucas horas depois de fazer o pão. Quando quero comer um, descongelo no microondas uns 30 segundos e, às vezes, de seguida, levo à torradeira para tostar um bocadinho e colocar manteiga ou queijo.

      Beijinhos 😘

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *