Baguete Sem Glúten e Sem Refinados [Paleo/Primal e Vegan]

Esta baguete é maravilhosa: por dentro é fofinha e por fora tem uma crosta crocante. É muito boa simples ou na torradeira, barrada com manteiga (composta de bons ingredientes). Pode ser congelada às fatias e depois descongelada no microondas, forno ou à temperatura ambiente. É deliciosa e sabe mesmo a pão!

Sabia que lancei o meu 1º EBOOK com RECEITAS “SAUDÁVEIS E FELIZES”, no qual fiz uma compilação das melhores 41 receitas do meu Blog (as mais confecionadas e adoradas por vocês). Para saber mais veja esta minha publicação (clique AQUI) ou envie-me mensagem privada para o meu Facebook pessoal (AQUI). No meu Blog pode encontrar também uma secção de “Ebooks na qual apresento este ebook.

FÓRMULA MÁGICA

ATENÇÃO: Quando fizerem as minhas receitas e partilharem nas redes sociais, COLOQUEM O LINK DA RECEITA.  É PROIBIDO partilhar “PRINTS” (ou cópias do texto) das minhas receitas nas REDES SOCIAIS, pois ao fazê-lo estão a PREJUDICAR todo o meu trabalho.  PARTILHEM APENAS O LINK. Se quiserem, podem colocar o meu nome (Suzana Cardoso).

  • 160g  Farinha de Trigo-Sarraceno (é uma semente. Nada tem a ver com trigo, nem tem glúten). Opte por uma versão de farinha sarraceno mais clara
  • 140g Farinha de Aveia isenta de glúten
  • 75g Linhaça Dourada Moída
  • 350ml Água Morna
  • 30 ml Azeite Extra Virgem
  • 1 colher de chá de Sal
  • 1 colher de sopa de Açúcar Mascavado
  • 1 colher de chá de fermento de padeiro em pó (Exemplo: Marcas Condi Ou Fermipan)
  • Para polvilhar: farinha sem glúten q.b (usei farinha de arroz)

Como a Magia Acontece

1. Num recipiente, misture os ingredientes secos até ficar uniforme.

2. Acrescente o azeite e misture bem.

3. Adicione a água morna e misture com uma colher. A massa fica com uma textura “viscosa”, por isso nesta fase não é para amassar com as mãos.

4. Tape com película aderente e deixe repousar cerca de 1h30 (eu deixei repousar dentro do forno desligado).

5. Após esse tempo de repouso, polvilhe a sua banca de cozinha ou por cima de um papel vegetal (eu pus em cima de papel vegetal), farinha sem glúten (eu usei farinha de arroz), coloque também um pouco dessa farinha nas suas mãos. Pegue na massa e comece a trabalhá-la. Vá colocando farinha nas suas mãos e por cima do local onde está a trabalhar a massa, sempre que necessário, até que se torne fácil moldá-la em formato de baguete.

6. Quando estiver com formato de baguete, pode polvilhá-la com um pouco mais de farinha e fazer uns cortes com uma faca, para ficar com a aparência que pode observar na minha foto.

7. Leve ao forno pré-aquecido a 220ºC. Eu usei o forno a gás e deixei cozinhar cerca de 1hora a 220ºC. ATENÇÃO: O tempo poderá ser diferente no seu forno e esta temperatura/tempo poderá ser excessivo no seu forno! Esteja muito atento para não queimar a baguete. Verifique a cozedura com um palito (o palito deve sair seco e a crosta deverá estar “tostadinha”, tal como pode ver nas minhas fotos). 

8. Retire do fogão e deixe arrefecer antes de cortar.

9. É fofo por dentro e crocante por fora! Este pão mantém-se fofo até os 2 dias seguintes, apenas terá de o tapar com um paninho e colocar dentro de um saco, para que fique bem fechado. Poderá também fatiar a baguete e colocar as fatias no congelador. Quando descongelar (no microondas, no forno ou naturalmente), o pão estará igualmente maravilhoso.

 

Sejam Saudáveis, Sejam Felizes
Suzana Cardoso

35 thoughts on “Baguete Sem Glúten e Sem Refinados [Paleo/Primal e Vegan]

  1. Maria Roseiro says:

    Boa noite Susana obrigada por ter partilhado a receita do pão, irei fazer e, quando o fizer colocarei o seu link ou o seu nome pois, é o que faço sempre. Concordo plenamente consigo. Uma vez mais o meu muito Obrigada.

    • Suzana Cardoso says:

      Olá, Fátima. A linhaça dourada moída ajuda a conferir uma textura mais fofa. Se não gostar, experimente aumentar a quantidade de farinha de aveia, porém não sei como ficará o resultado final.

      • Majo says:

        Boa noite.
        Penso que a dúvida da Raquel não é a marca do fermento mas se é fermento químico (pó branco) que se usa nos bolos ou fermento de padeiro seco. Eu tenho a mesma dúvida. 🙂

        • Miguel Magalhães says:

          Boa noite. Já fiz esta receita 3 vezes. Mas, não fica parecido á sua receita mesmo a cor o meu fica mais escuro e não cresce. Já utilizei outros fermentos, assim como massa mãe de centeio mas fica um pão baixo. As quantidades foram seguidas á risca.

          • Suzana Cardoso says:

            Olá, Miguel. Eu uso fermento de padeiro em pó (marca Fermipan ou Condi). A baguete fica praticamente da dimensão em que se molda antes de ir ao forno. Os pães sem glúten pouco crescem.

  2. Fernanda says:

    A mim aconteceu como o Miguel. Ficou muito mais escuro e não cresceu muito.
    Susana faltou dizer que o fermento era fermento padeiro. Eu usei o outro e claro que não ficou igual. Mesmo assim soube me, com manteiga 😊😊

    • Suzana Cardoso says:

      Olá, Fernanda. Eu uso o mesmo fermento em bolos e pães (fermento de padeiro em pó da marca Fermipan ou Condi). Qual foi o fermento que usou (que ingredientes tem)?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.