Pão/”Bicas” Sem Glúten, Sem Refinados [Paleo/Primal, Vegan]

Baguete, broa ou “bicas”, existem diversas formas de fazer pão sem glúten para todos os gostos!  Desta vez partilho a receita de “bicas” práticas e muito fáceis de fazer. A crosta fica bastante crocante e são saborosas! Foram aprovadíssimas pela minha família cá de casa.

FÓRMULA MÁGICA

ATENÇÃO: Quando fizerem as minhas receitas e partilharem nas redes sociais, COLOQUEM O LINK DA RECEITA.  É PROIBIDO partilhar “PRINTS” (ou cópias do texto) das minhas receitas nas REDES SOCIAIS, pois ao fazê-lo estão a PREJUDICAR todo o meu trabalho.  PARTILHEM APENAS O LINK. Se quiserem, podem colocar o meu nome (Suzana Cardoso).

Ingredientes*

*Quantidade deu para 7 “bicas” de tamanho pequeno

  • 120g Farinha de Aveia
  • 50g Polvilho Azedo
  • 40g Linhaça Dourada Moída
  • 40g Sementes de Girassol Moídas (eu trituro na picadora/trituradora)
  • 200ml Água Morna
  • 30ml Azeite Extra Virgem
  • 1 colher de café rasa de Sal
  • 1 colher de chá de Açúcar Mascavado
  • 1 colher de chá de Fermento de Padeiro em pó (exemplo: marca “Condi” ou “Fermipan”)
  • Opcional: 10g Psyllium em pó

Como a Magia Acontece

1. Junte os ingredientes secos, mexa.

2. Adicione o azeite e a água morna, misture com uma colher.

3. Tape o recipiente com película aderente e deixe repousar entre 1h a 2horas.

4. Pegue numa folha de papel vegetal e polvilhe-a com uma farinha sem glúten (eu usei farinha de arroz), polvilhe também as suas mãos.

5. Retire uma porção da massa, faça uma bolinha e molde em formato de bica. Se necessário, coloque mais farinha nas suas mãos. Repita o processo até terminar a massa. Coloque as “bicas” por cima do papel vegetal. Eu fiz 7 “bicas” de tamanho pequeno.

6. Faça um corte com uma faca na parte central das bicas e, se desejar, polvilhe com um pouco de farinha sem glúten (ex: farinha de arroz) por cima dos pães.

7. Leve ao forno pré-aquecido a 220ºC. Eu usei um forno a gás se ficaram prontos em cerca de 30 ou 35 minutos. Esteja atento ao seu forno. Faça o teste do palito, o qual deverá sair seco. Se o seu pão estiver a cozinhar demasiado por fora, tape com prata a meio do processo para que fique cozido por dentro, sem queimar demais por fora.

8. Ficam douradinhos e com uma crosta bastante crocante. São maravilhosos!

O interior é assim (do lado esquerdo foto sem flash / lado direito foto com flash):

Sejam Saudáveis, Sejam Felizes
– Suzana Cardoso

11 thoughts on “Pão/”Bicas” Sem Glúten, Sem Refinados [Paleo/Primal, Vegan]

    • Sara Oliveira says:

      Olá bom dia.

      Antes de mais parabéns pelo seu trabalho. Todas as receitas que partilha tem um excelente aspeto. Ainda hoje vou começar a fazer algumas delas.
      Também já partilhei o seu blogue com algumas pessoas amigas que gostam de ser saudáveis.

      Vamos ao que “me traz” a este comentário. Gostaria de saber se é mesmo necessário colocar o açúcar mascavado nesta receita.

      Obrigada e bom trabalho

      • Suzana Cardoso says:

        Olá, minha querida Sara! Muito obrigada pelas suas palavras tão maravilhosas. Agradeço-lhe imenso pelo apoio na divulgação do Blog.

        Quanto à sua dúvida, o açúcar mascavado serve para ajudar no processo de fermentação (pode trocar por açúcar de coco ou xilitol).

        Grata por me acompanhar!

      • Lina Chora says:

        Olá. Estou a adorar as suas receitas, mas ainda sou nova neste convento Paleo, por isso ainda não tenho muitos dos ingredientes que contumam usar.
        No caso desta receita não tenho o Polvilho azedo. Sabe-me dizer se há algum outro ingrediente que possa substituir? Ah e já agora dá para fazer um pão grande em vez das bicas?
        Parabéns pelo seu trabalho!

        • Suzana Cardoso says:

          Olá, querida Lina! Grata pelo seu comentário.
          Nesta receita, pode experimentar trocar o polvilho azedo por fécula de batata (porém, o resultado poderá ficar diferente em termos de textura). Eu encontro com facilidade o polvilho doce e o polvilho azedo no Pingo Doce e no Continente.
          Nunca experimentei fazer este pão em versão grande, mas penso que funciona melhor assim em tamanho pequeno (em formato de bolas ou “bicas).

          Beijinhos

    • Ana Barbosa says:

      Olá Suzana, desde já obrigada por estas receitas maravilhosas.
      Gostaria só de perguntar no caso de não ter sementes de girassol podemos colocar mais linhaça ou podemos substituir por outra coisa?
      Muito obrigada

      • Suzana Cardoso says:

        Olá, Ana. Muito obrigada pelas suas palavras tão amáveis. Fico feliz por saber que gosta das minhas receitas.
        Quanto à sua dúvida, as sementes de girassol conferem um sabor especial no sabor. Se alterar o resultado ficará diferente. Mas, se não quiser utilizar, poderá aumentar a quantidade da farinha de aveia.

    • Suzana Cardoso says:

      Olá, Fátima!
      Tem de continuar a tentar. Não desista. Faça as suas receitas com calma, paciência e amor pelo que faz.

      Beijinhos

  1. Dora Frazão says:

    Olá Suzana
    Hoje fiz pela primeira vez esta receita…
    Ficaram muito saborosas 😊
    Só acho que cresceram pouco, é mesmo assim ou será que coloquei pouco fermento?
    Obrigada

Responder a Ana Barbosa Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.